23.10.06

"Mimimimi" is not for me

"Mimimi" is not for me



Meus Queridos:

Mais uma vez andei com preguiça de escrever e dei uma sumida mas agora voltei com um post maneiro...lógico sobre a minha super “normal” vida amorosa. Mik mais um vez dedico este post para você. Beijão querida!

Sinceramente não nasci para namorar “nerds” e homem “mimimimimi”. Sem ofensa a esses dois grupos, sei que eles precisam de romance, mas não com a Luizinha. Quem quiser saber o que é uma pessoa mimimimi, pode olhar um post antigo meu. Vou dar uns exemplos aqui, pois eu estava me relacionando com um sujeito assim.

Bom como já é de conhecimento geral estava saindo há alguns meses com um homem “mimimi”.
Homem “mimimimi” = a homem grude, carente, sem atitude e que torra a paciência quando está com você. O homem “mimimi” tem um defeito que eu acho quase que mortal: você tenta se livrar do sujeito, mas não consegue por que ele te faz sentir pena. Vamos combinar que a última coisa que você pode sentir do homem com quem você está se relacionando é pena. Aliás, não devemos sentir pena de ninguém. Melhor sentir raiva do que pena. Eu considero a pena um sub sentimento, uma classificação que a Luizinha acabou de criar. Uma frase “mimimi” do sujeito quando estávamos num barzinho vendo o show de MPB de um amigo meu: “aiiiii, me abraça, me beijaaaa eu também quero me sentir amado poxa!”
Sinceramente, euzinha aqui loira, linda e viajada não dá para sair com este ser de outro planeta.

Eu tenho um defeito grave, não sei sair das situações fico sem graça. Então um homem desses se cria, cresce porque a trouxa
aqui deixa. No início do relacionamento estava tudo bem, mas eu tive sinais (a gente sempre tem), que não deveria dar continuidade ao romance. Pois bem, fui empurrando com a barriga.
Nossa como esse sujeito me irritava. Antes de me conhecer a vida social dele se resumia a uma festinhas digamos “alternativas” que rolam aqui no RJ. Não sei se tem amigos, amigas ou afins. Não conheci, também agora nem me interessa. Eu sou repleta deles. A vida sem amigos não tem graça, não faz sentido... fica sem cor. E outro erro grave deste cidadão era quando ele fazia algo que me irritava profundamente eu falava aos berros e ele ficava com aquele olhar vitrificado de pré-surto igual a sabe quem? Ao olhar da nossa heroína: Tia Helo. Sabe aquele olhar não ouvi nada do que você falou. Pois é, era este olhar que despertava a minha ira.
Quando eu me toquei que o olhar dele era igualzinho da minha tia beata de 77 anos, perdi qualquer interesse que eu teimava que existia. Arghhhhhh! Sem condições. Quando você chega neste estágio é melhor correr. Tudo nele, tudo começou a me irritar profundamente...até a forma que ele comia, respirava...
Gente e as roupas? As roupinhas do moço são um capítulo a parte.
Vocês lembram o figurino do Russell Crowe em “Uma Mente Brilhante”?
Pois é acho que o meu amigo roubou todo o figurino do filme. Em pleno feriado na cidade maravilhosa este homem me aparece de blusa de botão de manga, listrada com cores super escuras e com um colete de lã que os nossos avôs usavam. Eu não tenho saúde para isso.

Infelizmente na hora de terminar qualquer tipo de relacionamento eu sou 100% masculina. Sumo não atendo e telefone e quando encontro, sou grossa. Fiz tudo isso, me sentindo super mal e mesmo assim o cara não desgrudou. Tive que usar uma tática de emergência: Beijei outro na cara dele. Mesmo assim no final da festa ele perguntou quando a gente se via de novo. Aí não aguentei e tive que mandar o clássico vamos ficar amigos...a gente não tem nada a ver. Sabe o que o nosso garotão respondeu: “poxa é uma pena, pois eu tenho muito carinho para te dar”. Me diz se eu não tenho que correr que nem o papa-léguas dele? Pena foi a minha teimosia de ficar com ele tanto tempo. O que eu aprendi? A não forçar a natureza. Esse negócio que os oposto se atraem só na novela do Manoel Carlos.

Mais uma do Jones (1)

O Jones, meu melhor amigo de todos os tempos, cansou de ser personagem aqui no caderninho e criou um blog para divulgar suas leseiras (palavra dele) na esperança de ficar rico e vender tudo por 1,7 bilhões de dólares.

Como eu sou testemunha de vários acontecimentos da vida do Jones (como vocês já puderam ver aqui) vou postar por lá também.

Clica AQUI para saber mais uma do Jones.

22.10.06

Valeu Schumi!

Valeu Schumi!



Confesso que nos primeiros anos da era Schumacher eu não era muito fã dele, mas aí só ele ganhava então o jeito foi abraçar a idéia que ele ia reinar um bom tempo e não tinha ninguém melhor. Nos últimos três anos eu passei a torcer mesmo pelo Schumacher, parecia que ele finalmente estava se divertindo com a F1 ainda mais depois que o Alonso se apresentou como adversário a altura.

Hoje o Schumi se despediu das pistas dando um show. Largou em décimo, ganhou algumas posições, furou um pneu, foi para último e terminou em quarto...mais algumas voltas ele subia no pódio. Emocionante!

O menino Massa venceu a corrida de ponta a ponta, o bebê chorão Alonso ficou com o bicampeonato mundial e o meu querido para a próxima temporada Jensen Button ficou em terceiro.

Na transmissão o melhor foi o Galvão dizendo que o Schumi errou a marcha e o Luciano Burti logo corrigiu "é meio difícil errar a marcha com câmbio semi automático". Hahahahaha! Toma Galvão!

______________

Do melhor das pistas para os melhor das quadras.

No tênis em Madrid, Roger Federer venceu Fernando Gonzalez facim facim. Foi o seu décimo segundo título de master series. Ele é o melhor que há nesse esporte. Para mim ele tem o estilo mais bonito, backhand clássico com uma mão, força e precisão. É quase um bailarino.

21.10.06

DR

DR

Jones: blá, blá, blá,...porque afinal você é minha vizinha e eu sou o seu melhor amigo de todos os tempos.

Kaká: pera aí Jones, precisamos discutir a relação.

Jones: Porque?

Kaká: Como assim você é o meu melhor amigo de todos os tempos e eu sou apenas a sua vizinha??

E depois ele fica espalhando por aí que a convencida da dupla sou eu.

20.10.06

Dúvida

Dúvida

Quantas vezes pode-se dizer não até mudar de idéia e querer dizer sim?

17.10.06

Procurado

Procurado

Estava assistindo o Masters Series de Tênis em Madrid e adivinha quem era o juiz de linha? Wally é claro. Ele e seus clones, devidamente vestidos com camisas listradas de vermelho e branco (by Lacoste), estão lá para gritar out!, e pelo jeito esqueceram os óculos porque os jogadores recorrem ao tira teima o tempo todo.

Hoje o Roger Federer (sou fã) ganhou, mas isso não é novidade; o divertido Andy Roddick também foi para frente e Marat Safin (cara-de-quem-bate-em-mulher com jeito de mafia russa, ótimo) teve um saque mais do que eficiente.


Wally: Out!

Safin: Tira teima aí no telão seu juiz!

A final é domingo, até lá tem muito jogo. Aliás domingo também tem a F1 com Schumi e Alonso....mais um dia agitado para o controle remoto.

15.10.06

Na madrugada

Na madrugada

Você sabe que tem uma pequena mania de organização quando chega em casa de madrugada, depois de beber bastante, naquele estágio ‘pode me perguntar que eu respondo’ (acreditem, aí já foi muita bebida), sem lembrar direito se trancou a porta de casa mas arruma o dinheiro que estava no bolso na carteira (por ordem de valor), guarda os documentos e a chave, dobra a roupa que usou, guarda os sapatos e lava o copo que bebeu água.

13.10.06

Dinheirinho

Dinheirinho

Jones: Ka, você viu que o You Tube foi vendido para o Google por 1,65 bilhões de dólares?

Kaká: vi sim, o You Tube tem o dobro de acessos que o Google Video.

Jones: e foi inventado por dois nerds, você viu a cara deles?

Kaká: ora, a Microsoft e a Apple foram inventadas por dois nerds. Os nerds vão dominar o mundo...

Jones: a gente devia inventar uma coisa assim e depois vender nem que seja por 1,6 milhões de dólares.

Kaká: hum-rum....nem eu nem você entendemos nada de computador.

Jones: mas o que importa é a idéia......a gente tem a idéia e arranja alguém pra fazer. Imagina....um bilhão de dólares...


Aceitamos colaboradores.

8.10.06

Pessoas inteligentes

Pessoas inteligentes

Todo ano distribuem o Prêmio Nobel em diversas categorias (medicina, física, química, paz, literatura e economia). O Sr. Nobel, sueco, foi quem inventou a dinamite, ficou milionário e consciente do perigo que era a sua invenção apoiava movimentos a favor da paz. Quando morreu deixou dinheiro para uma fundção que financiasse prêmios internacionais nessas categorias. Tem muito desconhecido nessa lista, mas entre os famosos figuram Einstein, Marie Curie, Madre Tereza, Linus Pauling (quem lembra alguma coisa de química sabe quem é), John Nash (o de Mente Brilhante), Churchill, Hemingway, Saramago, Steinbeck, Camus, Yeats, Gabriel Garcia Márquez, Pablo Neruda, etc. Claro que os de literatura e paz são os mais conhecidos, os das outra áreas são muito específicos e técnicos, mas todas as descobertas ou ações foram aplicadas para o bem da humanidade, mesmo que algumas depois tenham sofrido desvios para o mal. De todo jeito eles recebem um milhão de dólares pelo fato e aplicam onde bem entendem.

Mas também existe o Prêmio Ig Nobel. Vi no blog do Fernando Moreira no jornal.

O Ig Nobel é promovido pela revista "Annals of Improbable Research” (the winners have all done things that first make people laugh, then make them think) e as categorias são as mesmas do Nobel e mais algumas.

Esse ano teve até quem descobrisse que o mosquito da malária é atraído pelo queijo tipo “limburguer” e pelo chulé humano. O da Paz foi para Howard Stapleton, “que inventou um dispositivo 'repulsivo de adolescentes', que faz um barulho irritante para as pessoas desta faixa etária que não é escutado pelos adultos”, e depois distorceu o dispositivo e criou um ringtone que os adolescentes escutam, mas os adultos não – sucesso absoluto na salas de aula. O de Física foi para dois cientistas que filosofaram sobre porque quando se dobra o spaguetti seco ele, na maioria das vezes, se quebra em mais de um lugar. A lista completa está aqui, divirtam-se.

____________________________________________________________

O domingo de outros milionários, e também geniais: Roger Federer venceu mais um no Japão e lá também o bebê chorão do Alonso ficou mais perto do título. Entre nós, acho que o Schumi ainda apronta uma.

5.10.06

Nick responde

Nick responde

Assistindo a segunda temporada de Lost....

Kaká: Onde é que eles arranjam tanto saco plástico para fazer essas barracas?

Nick: do MST.

Está explicada a presença do Rodrigo Santoro na terceira temporada.